Saúde do RN pode entrar em colapso, mas em Assu George Soares que reduzir salários dos médicos

Enquanto o secretário estadual de Saúde Pública, George Antunes afirma que a saúde pública do Rio Grande do Norte entrará em colapso caso não haja a contratação de 553 profissionais temporários em 2018, o deputado estadual George Soares e o prefeito do Assú Gustavo Soares, se mobilizam junto com o coordenador financeiro do Sindicato dos Servidores Municipais – SINDESP, Eurian Nóbrega, para reduzir os salários dos médicos do município.

Segundo Antunes, o processo seletivo para isso está em risco porque o orçamento previsto para a sua realização no ano que vem foi reduzido de R$ 13 milhões para R$ 3 milhões há cerca de 20 dias pela Secretaria de Planejamento (Seplan). A mudança inviabiliza a admissão destes.

“Eu não estou sendo alarmista, eu estou sendo sincero: se esse processo seletivo não acontecer, a saúde do Estado vai entrar em colapso”, declarou George Antunes. “Vai haver desassistências, serviços fechando por falta de profissionais. Não temos mais enfermeiros para trabalhar, não temos mais técnicos.

Os poucos que se disponibilizam para dar horas extras e plantões já estão esgotados fisicamente dada a carga de trabalho”, completou. Com informações da Tribuna do Norte.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: