Orações antecedem reuniões de Bolsonaro com parlamentares religiosos

Rafael Carvalho/Governo de transição
Políticos transformaram encontros com presidente eleito em cultos na sede do governo de transição, em Brasília

Encontros de parlamentares religiosos com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), têm se transformado em verdadeiros cultos. Quando tem espaço, ao receber deputados e senadores no gabinete do governo de transição, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, o militar da reserva ouve não só pedidos, mas também orações (assista abaixo).

No vídeo acima, a oração é conduzida pelo deputado Pastor Eurico (Patriota-PE). Em determinado momento ele diz que o governo de Bolsonaro “será bombardeado de todos os lados”, mas Deus servirá de “escudo para proteger teu filho”, acredita.

Embora seja católico, Bolsonaro tem ampla ligação com os evangélicos e recebeu, ao longo da campanha, apoio de nomes como Silas Malafaia e do bispo Edir Macedo. O filho Flávio Bolsonaro e a esposa do presidente eleito, Michelle Bolsonaro, frequentam a Igreja Batista Atitude.

No vídeo é possível notar a presença de deputados de vários partidos, entre eles João Campos (PRB-GO) – presença constante na sede da transição em Brasília –, Gilberto Nascimento (PSC-SP), Lincoln Portela (PR-MG), Carlos Manato (PSL-ES), Alan Rick (DEM-AC), Leonardo Quintão (MDB-MG) e Ronaldo Nogueira (PTB-RS), ex-ministro do Trabalho do governo Michel Temer (MDB).

Nessa quinta-feira (6/12), Jair Bolsonaro escolheu a pastora Damares Alvescomo futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos. Damares é assessora do senador Magno Malta (PR-ES), aliado que ficou de fora do governo até o momento. IAN FERRAZ e RENAN MELO XAVIER – Metrópoles

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: