Cerimonial da Assembleia Legislativa participa de Conferência Nacional da Unale

Os servidores da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte estão participando de encontros das entidades legislativas na 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, em Salvador (BA). O evento começou na quarta-feira (20) e segue até esta sexta-feira (22). Como todos os anos, o cerimonial da Casa, representado pelo Coordenador Relações Públicas, Alexandre Marinho e pela Chefe de Divisão de Cerimonial, Zuleide Gonçalves, também tem um espaço para debates e trocas de ideias durante a reunião da Associação Brasileira de Cerimonialistas dos Legislativos Estaduais (ABCLE).

“O Encontro anual da ABCLE proporciona aos cerimonialistas uma rica troca de conhecimento e experiências, visando à uniformização dos procedimentos protocolares”, disse Alexandre Marinho.

A Associação destina-se a congregar os representantes dos Cerimoniais dos Poderes Legislativos Estaduais, tendo por finalidade promover a integração e o fortalecimento do intercâmbio de informações entre os Cerimoniais dos Legislativos, objetivando a padronização de procedimentos; participar na estruturação e na organização de eventos promovidos pela UNALE; promover apoio consultivo a seus associados; e participar de ações com as entidades vinculadas ao Poder Legislativo.

Leia maisCerimonial da Assembleia Legislativa participa de Conferência Nacional da Unale

UFRN: Laboratório do ICe abre vaga para estágio

O Laboratório Desenvolvimento Neural e Ambiente do Instituto do Cérebro (ICe) oferece vaga de estágio de iniciação científica para estudantes interessados em pesquisar sobre Neurogênese em camundongos adultos. Interessados devem encaminhar e-mail para os seguintes endereços: jgdoerl@neuro.edu.br e ebsequerra@neuro.edu.br.

De acordo com o neurocientista Eduardo Sequerra, chefe do laboratório, para a seleção, é preciso que o estudante tenha um dos turnos livres (de segunda a sexta-feira), possua domínio do inglês e não apresente problemas em lidar com animais. É preciso ainda enviar curriculo Lattes e uma carta de interesse.

O Instituto do Cérebro da UFRN é uma unidade acadêmica especializada da UFRN dedicada a pesquisas básicas nas neurociências. Mais informações sobre o ICe podem ser acompanhadas através do site www.neuro.ufrn.br ou pelas redes sociais Facebook e Instagram.

Árvore de Mirassol é acesa e dá largada oficial no Natal em Natal

Já é Natal em Natal. A largada oficial para as comemorações natalinas foram dadas na noite desta quarta-feira, 20, com o acendimento da Arvore de Mirassol, a maior do país – com 110 metros de altura e mais de 400 mil micro-lâmpadas de LED.

O monumento chama atenção pela beleza, mas está diferente em comparação com os últimos anos. A estrutura é composta por dois cones, um interno e outro externo, que fazem um movimento luminoso giratório, nas cores dourado e prata. E nem é esse o principal diferencial. A árvore tem o acompanhamento de músicas natalinas, sincronizadas com os movimentos luminosos, algo inédito na cidade.

A árvore faz jus à decoração deste ano, que tem como tema “Natal de Som & Luz”. Em sua base, há um conjunto de partituras e notas musicais que aparentam estar flutuando.

As mudanças também chegaram a todo o entorno da árvore. A Praça de Mirassol se transformou em um grande complexo cultural. A Prefeitura oferece diversas atrações artísticas e musicais gratuitas, além de ferinha gastronômica e de artesanato. No local, os visitantes também podem aproveitar um túnel luminoso e a Casinha do Papai Noel.

Leia maisÁrvore de Mirassol é acesa e dá largada oficial no Natal em Natal

Solenidade na Assembleia reconhece papel da Casa Durval Paiva

Há mais de duas décadas combatendo o câncer infanto-juvenil e contribuindo para o resgate da cidadania, dignidade e qualidade de vida de seus pacientes e acompanhantes, a Casa Durval Paiva foi homenageada nesta quarta-feira (20) em sessão solene na Assembleia Legislativa. De iniciativa do deputado Kelps Lima (SDD), a solenidade reconheceu os serviços prestados pela instituição e seus colaboradores.

“Hoje é um dia em que me sinto muito honrado pelo privilégio de poder homenagear a Casa Durval Paiva e apoiadores. É o reconhecimento a quem quer fazer o bem e fazê-lo bem feito. A instituição simboliza no Estado, numa primeira dimensão, um exitoso exemplo de gestão, sobrevivendo sem ser refém da velha politicagem. Meus sinceros agradecimentos pelo papel que a Casa Durval Paiva desempenha e que siga sendo farol de como a administração do nosso Estado deve ser conduzida”, disse Kelps Lima.

Atual presidente da instituição, Rilder Campos agradeceu a homenagem e destacou a atuação em favor da criança com câncer. “O diferencial da Casa é que ela não faz apenas o acolhimento do paciente, mas também a sua inclusão social, proporcionando o enfrentamento à doença de forma digna, com acesso à sala de aula, primeiro emprego e faculdade. Temos casos de crianças que foram alfabetizadas na Casa Durval Paiva e hoje estão concluindo uma Universidade. A visibilidade dada por essa homenagem é importante para que muitos outros setores da sociedade nos conheçam e nos reconheçam”, concluiu Rilder, enaltecendo também os apoiadores da instituição.

A Casa conta com 100 colaboradores especializados em diversas áreas, entre eles: assistentes sociais, psicóloga, dentistas, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, nutricionista, médica, farmacêutica, pedagogas, arte educadora, técnico de informática, os quais compõem a equipe multidisciplinar, além de voluntários dedicados à causa.

Comunicação da ALRN debate acessibilidade durante Conferência da Unale

A busca constante pela acessibilidade no legislativo estadual é uma das metas do planejamento estratégico da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Referências no Brasil como case de setores em que a acessibilidade tem atuação comprovada, a Diretoria de Comunicação Institucional; a Diretoria de Relações Institucionais e a Rádio e TV Assembleia do RN têm foco em campanhas educativas e de responsabilidade social. Nesse contexto, a 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE) aborda o tema, “Acessibilidade na Televisão: quem precisa ser incluído?”, no painel da Associação Brasileira das Televisões e Rádios Legislativas (Astral) realizado na manhã desta quarta-feira (20).

“A Assembleia Legislativa tem bandeiras sociais que aproximam o cidadão do Poder Legislativo, uma luta constante do presidente Ezequiel Ferreira na defesa da inclusão e da acessibilidade. Essas bandeiras ecoam na Comunicação, na diretoria de Relações Institucionais; na Rádio e Tv Assembleia; na Escola da Assembleia; no atendimento jurídico feito através do Procon Legislativo e em tantas campanhas como a adoção de crianças; de conscientização como o autismo; combate ao abuso infantil e mais recentemente, alienação parental, que são destaques no Legislativo e garantem acessibilidade a todos”, destaca a jornalista e diretora de Comunicação Institucional, Marília Rocha.

Os projetos têm sido reconhecidos nacionalmente e a ideia é ampliar a acessibilidade na instituição. “Quando falamos em acessibilidade estamos listando tanto as questões mais comuns como a infraestrutura e as mais profundas, ainda pouco conhecidas pela sociedade. Nossa meta é tornar a Assembleia do RN mais inclusiva para o cidadão portador de necessidades especiais de maneira temporária ou definitiva, diminuindo as arestas no acesso à informação, comunicação e atividade legislativa”, fala a jornalista, destacando a atuação da Diretoria de Relações Institucionais, que tem a frente o jornalista Rodrigo Rafael, no atendimento às instituições, associações em convênios, sessões solenes, audiências públicas e reuniões com portadores de necessidades especiais; parabenizando ainda o esforço e a dedicação dos gestores da TV Assembleia RN, Bruno Giovanni e Gerson de Castro.

Leia maisComunicação da ALRN debate acessibilidade durante Conferência da Unale

Veja Vídeo: Moradora de rua é morta por homem após pedir R$ 1 em Niterói

Uma moradora de rua foi morta a tiros no centro de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, depois de pedir esmola a um homem. O crime aconteceu na madrugada do último sábado, 16, e foi registrado por câmeras de segurança. Aderbal Ramos de Castro foi preso nesta terça-feira, 19.

Segundo a polícia, Zilda Henrique dos Santos Leandro, de 31 anos, conhecida como Néia, abordou Castro para pedir R$ 1.

Imagens das câmeras de segurança mostram o momento em que a mulher aparece falando com ele e gesticulando. Castro tenta desviar da mulher, mas ela o segue.

Logo depois, ele saca um revólver calibre 38 e dispara duas vezes contra Néia.

O homem sai andando sem pressa pela calçada, segurando a arma, enquanto a vítima agoniza no chão. Outra mulher, que testemunhou o crime, tenta pedir ajuda a motoristas que passam pelo local, mas ninguém para.

Após a chegada da polícia, finalmente, Néia é socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital Estadual Azevedo Lima. Ela não resistiu aos ferimentos.

Leia maisVeja Vídeo: Moradora de rua é morta por homem após pedir R$ 1 em Niterói

Procuradoria descobre desembargadora na Bahia com 57 contas bancárias e que movimentou R$ 13 milhões

O rastreamento bancário indica que no período entre 13 de janeiro de 2013 até agora, a magistrada movimentou R$ 13.378.630,84.

A desembargadora Maria da Graça Osório Pimentel Leal, 2.ª vice-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, tem 57 contas bancárias. A informação consta do Relatório de Análise Preliminar de Movimentação Bancária 001, encartado nos autos da Operação Faroeste, deflagrada nesta terça, 19, pela Polícia Federal.

Por ordem do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça, Maria da Graça foi afastada das funções por 90 dias. Ela está sob suspeita de integrar uma organização criminosa dentro da Corte estadual que vendia sentenças judiciais em processos de grilagem de terras na região oeste da Bahia.

A desembargadora Maria da Graça Osório, do Tribunal de Justiça da Bahia. Foto: TJBA / Divulgação

O rastreamento bancário indica que no período entre 13 de janeiro de 2013 até agora, a magistrada movimentou R$ 13.378.630,84. Desse montante, R$ 1.934. 189,43 ‘não apresentam origem/destino destacado’, assinala o relatório.

“Apesar de não ser crime [ter 57 contas bancárias diferentes], quando considerado de forma isolada, ganha foros de suspeição diante do grande volume de transações eletrônicas, cheques e depósitos em dinheiro de origem não identificada, a pontilhar mecanismo típico de lavagem de dinheiro, numa gramatura possivelmente associada à corrupção”, afirma Fernandes.

Do crédito total que caiu nas contas de Maria da Graça (R$ 6.709.925,15) no período, R$ 2.007.885,43 compõem a rubrica pagamentos salariais. “Um volume de ganhos totalmente incompatível com os vencimentos recebidos como servidora pública”, destaca o ministro.

Leia maisProcuradoria descobre desembargadora na Bahia com 57 contas bancárias e que movimentou R$ 13 milhões

FIRJAN: Prefeito Valdir Medeiros é incompetente na Gestão Fiscal de Jucurutu

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (FIRJAN) divulgou recentemente a versão 2019 do Índice FIRJAN de Gestão Fiscal (IFGF), que traça o panorama da administração pública nos mais de 5 mil municípios brasileiros sob o ponto de vista do aspecto financeiro.

O trabalho baseou-se nos dados de 2018 e trouxe São Gonçalo do Amarante novamente como 1º lugar no Rio Grande do Norte em relação ao IFGF, mas apontou Jucurutu como 87º colocado no Estado, em meio aos 167 municípios do Rio Grande do Norte, com pontuação de apenas 0,2492.

O resultado é alarmante, pois mostra uma tendência de queda do município – que vem ocorrendo desde 2017, quando Jucurutu tinha o 69º IFGF do RN – e que piora o desempenho a cada ano, nesse período avaliado pelo levantamento, nos últimos dois anos.

Na série histórica do estudo da FIRJAN, Jucurutu alcançou seu melhor desempenho no ano de 2016, durante gestão do ex-prefeito George Queiroz, ao obter nota de 0,3649 e seu IFGF ficar em 56º lugar no Estado, mesmo estando, naquele momento, sofrendo os efeitos da mais forte crise econômica que assolou o Brasil e que atualmente, conforme dados da economia nacional, já não afeta mais o país como antes.

IFDM

A FIRJAN também disponibiliza um estudo nacional, com evolutivo histórico de 2005 a 2016, referente à gestão pública municipal, nas áreas de saúde, educação, emprego e renda, chamado Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM).

Também nesse indicador, Jucurutu apresentou seu melhor resultado durante a gestão do ex-prefeito George Queiroz, tendo ficado no ano de 2013 em 27º lugar no RN, com nota de 0,6857 e no 15º lugar considerando a geração emprego e renda.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: