Bolsonaro recua de fusão de Ambiente e Agricultura e diz não querer xiita ambiental

Jair Bolsonaro e Luiz Antônio Nabhan Garcia, presidente da UDR (União Democrática Ruralista)

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) declarou que “pelo que tudo indica”, os ministérios do Meio Ambiente e Agricultura permanecerão separados, e que a pasta ambiental será comandada por alguém que não seja “xiita” na defesa do ambiente.

Bolsonaro afirma que a ideia da fusão foi discutida e que possivelmente será modificada. “Serão dois ministérios distintos, mas com uma pessoa voltada para a defesa do meio ambiente sem o caráter xiita, como feito nos últimos governos”, diz.

A declaração foi dada nesta quinta (1º) em entrevista a televisões católicas.

“O Brasil é o país que mais protege o meio ambiente”, diz o presidente. “Nós pretendemos proteger proteger o meio ambiente, sim, mas não criar dificuldades para o progresso.” Phillippe Watanabe – Folha de São Paulo

Leia maisBolsonaro recua de fusão de Ambiente e Agricultura e diz não querer xiita ambiental

Bolsonaro acertou na escolha de Moro e não há perda para a Lava Jato, diz Marco Aurélio

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, disse nesta quinta-feira, 1.º, ao Broadcast Político que o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), acertou na escolha do juiz federal Sérgio Moro para assumir o comando do superministério da Justiça e ressaltou que não há perda para a Lava Jato com o futuro desligamento de Moro das investigações em Curitiba.

“É um grande quadro, sem dúvida alguma, e tem relevante serviço a prestar. Caso se confirme a saída dele do Judiciário, (Moro) tem tudo para prestar bons serviços ao Executivo. O presidente acertou, sem dúvida alguma, eu no lugar do futuro presidente Jair Bolsonaro também tentaria compor uma grande equipe, inclusive com o juiz Sérgio Moro”, disse Marco Aurélio à reportagem.

Indagado se os rumos da Operação não poderiam ficar comprometidos com o desligamento de Moro, Marco Aurélio respondeu: “Não, porque temos ‘n’ juízes federais capazes de tocar a Lava Jato. Não há qualquer perda para a operação e para os processos alusivos à Lava Jato. Ninguém é insubstituível nessa vida”. Rafael Moraes Moura e Teo Cury / O Estado de São Paulo

Leia maisBolsonaro acertou na escolha de Moro e não há perda para a Lava Jato, diz Marco Aurélio

Fux afirma que escolha de Sérgio Moro foi ‘por genuína meritocracia’

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta quinta-feira, 1, ao Broadcast Político que o juiz federal Sergio Moro, da Operação Lava Jato, é um ‘excelente nome’ para comandar o superministério da Justiça no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). “A sua escolha foi a que a sociedade brasileira faria, se consultada”, disse o ministro.

Na avaliação de Luiz Fux, o juiz federal é “símbolo da probidade e da competência”. Para o ministro, a escolha de Sergio Moro foi “por genuína meritocracia”.

“(Moro) Imprimirá no Ministério da Justiça a sua marca indelével no combate à corrupção e na manutenção da higidez das nossas instituições democráticas, prestigiando a independência da Polícia Federal, do Ministério Público e do Judiciário”, disse Fux.

‘Marketing’. Um segundo ministro do STF, que pediu para não ser identificado, acredita que a ida de Moro ao superministério da Justiça foi uma “jogada de marketing” do governo Bolsonaro – com data de validade – e colocará o magistrado no centro do debate político, vulnerável a críticas sobre a sua futura gestão. Teo Cury e Rafael Moraes Moura/O Estado de São Paulo

Leia maisFux afirma que escolha de Sérgio Moro foi ‘por genuína meritocracia’

Governador assina ordem de serviço da Adutora de Jardim do Seridó e inaugura Urgência do Hospital de Caicó

A região do Seridó celebrou hoje (1) a assinatura da ordem de serviço para construção da adutora de Jardim do Seridó e entrega da obra da Urgência e Emergência do Hospital Regional do Seridó, em Caicó, ambos feitos pelo governador Robinson Faria em visita à região esta manhã.

A agenda ainda incluiu uma visita à obra da Escola Estadual Antônio Aladim, uma das 40 que está sendo reformada pelo Governo do Estado com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, por meio do projeto Governo Cidadão.

“Estamos aqui realizando um sonho da população de Jardim do Seridó, porque ter água em casa era uma vontade antiga desse povo. Eu assumi esse compromisso e hoje estou aqui cumprindo minha palavra. Essa obra dará dignidade à população de Jardim”, disse Robinson Faria, acrescentando que a adutora beneficiará 12 mil pessoas do município e região. O investimento soma R$ 6,2 milhões com recursos do Banco Mundial. 

Em Caicó, o governador entregou a obra do Hospital, que vai mudar a realidade do atendimento de urgência e emergência de toda a região Seridó, beneficiando mais de 310 mil pessoas e abrangendo 25 municípios. Foram mais de R$ 2 milhões investidos com recursos do acordo de empréstimo em toda a reestruturação das instalações e uma nova e equipada ala de urgência e emergência, com sala vermelha, sala de medicamentos e sala de observação, novos leitos, entre outros equipamentos médicos. 

Leia maisGovernador assina ordem de serviço da Adutora de Jardim do Seridó e inaugura Urgência do Hospital de Caicó

Fátima defende ‘repactuação’ entre os Poderes e George Soares vota a favor?

A senadora Fátima Bezerra (PT), eleita governadora do Rio Grande do Norte, declarou em entrevista um dia depois de ser eleita que vai buscar diálogo com os poderes Judiciário e Legislativo para rediscutir o orçamento do Estado e ter sobras orçamentárias devolvidas para o Tesouro.

A intenção da petista é aumentar as receitas do Executivo sem os acréscimos dos impostos para reequilibrar as contas públicas. Outras medidas anunciadas pela petista envolvem a renegociação da dívida do Estado e recuperação da dívida ativa.

O chefe da centenária oligarquia e deputado estadual George Soares, do PR, votou contra o projeto das sobras, no governo Robinson Faria, do PSD, mas ele deverá mudar idéia e apoiar a iniciativa da governadora petista. Afinal de contas, George Soares não é um poste, não tem convicção política ou ideológica.

Governo do RN anuncia pagamento da folha de outubro para quem ganha até R$ 5 mil

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta quinta-feira (1º) que já deu início ao pagamento dos salários de outubro do funcionalismo público estadual.

Em nota, o governo disse que na quarta (31/10) receberam os servidores da Educação, Detran, IPERN, Idema, Jucern, DEI e ARSEP – que são órgão que possuem arrecadação ou fundos próprios.

Já na próxima quarta (7), devem receber os servidores da área de segurança: Sesed, Sejuc, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), policiais do Gabinete Civil e da vice-governadoria (ativos, reformados e pensionistas).

Por fim, no sábado (10), devem receber os servidores ativos da Saúde e demais servidores ativos e inativos que ganham até R$ 5 mil.

Para a faixa acima de R$ 5 mil, o governo disse que vai acompanhar as receitas e anunciar em breve a data de pagamento.

13º Salário

Para os que servidores que ainda não receberam o 13º salário de 2017, que são os que ganham acima de R$ 5 mil), o governo ainda não deu prazo algum.

Bolsonaro anuncia Moro no ‘superministério’ da Justiça

Ministros de Bolsonaro
Pasta reunirá o Ministério da Segurança Pública e parte do Coaf, atualmente subordinado à Fazenda

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou nesta quinta-feira (1) que o juiz Sergio Moro assumirá um ‘superministério’ da Justiça e escolherá o novo diretor-geral da Polícia Federal.

“Ele vai indicar todos que virão a compor o primeiro escalão [da pasta]. Inclusive o chefe da Polícia Federal”, afirmou em entrevistas a emissoras de televisão nesta quinta, logo após Moro ter sido confirmado como seu quinto ministro.

Bolsonaro falou com a TV Record e com veículos de comunicação ligados à Igreja Católica como Rede Vida, Canção Nova e TV Aparecida.

Ele confirmou a criação de uma pasta ‘turbinada’ para a Justiça, que agregará Segurança Pública e parte do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), hoje subordinado ao Ministério da Fazenda.

O presidente eleito prometeu não fazer interferências nas atividades de combate à corrupção que serão tocadas pelo futuro ministro. 
Talita Fernandes e Sérgio Rangel  – Folha d São Paulo

Leia maisBolsonaro anuncia Moro no ‘superministério’ da Justiça

Delkiza deixa de fazer propaganda sobre doação do auxílio alimentação

Resultado de imagem para delkiza

A vereadora da oposição Delkiza Cavalcante, do PSDC, que fez a maior propaganda sobre o recuo de sua intenção de receber mensalmente, o vale alimentação (auxílio alimentação) no valor mensal de R$ 1.040  dos cofres da Câmara Municipal do Assú, abrindo mão do auxílio refeição para doar o valor da mesada para as as instituições: SOS ANIMAL, Associação Assuense de Taewondo (ATT) e Associação Esperança do Vale do Açu (sede em Assú). deixou de prestar contas nas rede sociais.

Para ter credibilidade da promessa de doação, a vereadora Delkiza Cavalcante, precisa voltar a prestar contas como fazia antes e divulgar todo mês, quanto doou a cada instituição, sob pena dessa decisão não passar de mais um equívoco da vereadora do PSDC no exercício do seu mandato e que ganha salário de R$ 8 mil, mais R$ 2.500 do auxílio paleto, totalizando R$ 10.500 por mês.

No calor do debate sob forte rejeição popular contra a aprovação do auxilio alimentação para os vereadores, no ano passado, a edil Delkiza Cavalcante, passou a utilizar essa manobra de divulgação da doação para amenizar a revolta da população assuense. Ela foi a única que se recusou na época a receber o auxílio e doá-lo para uma instituição.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: